Cremação

Cremação é a transformação do corpo em cinzas, garantida por um rigoroso processo legal e altamente tecnológico, que permite um despedir respeitoso.

As cinzas podem ser acondicionadas em urnas personalizadas e acondicionadas em nichos localizados no bosque do Memorial Botucatu. Parte desse material também pode ser levado pelos familiares mais próximos em peças de uso pessoal ou ser usada como adorno de altares familiares.

É importante, contudo, manter um local físico para depositar as cinzas e com isso permitir que pessoas queridas possam visitar e prestar suas homenagens. Existem datas especiais nas quais visitar o local onde se encontram acondicionadas as cinzas proporciona uma melhor compreensão da vida vivida e do viver.

Neste contexto, o Memorial Botucatu é um local projetado para unir as pessoas e não separá-las. Aquele que não é esquecido, jamais deixará de existir.

Certificação Internacional

Os técnicos que operam o forno crematório do Memorial Botucatu segue os mais altos padrões de qualidade e passaram por rigorosos treinamentos, sendo certificados internacionalmente através da NFDA – National Funeral Directors Association dos Estados Unidos.

Respeito e profissionalismo aliados a alta qualidade dos serviços fazem a diferença neste momento tão importante a família.

Documentos necessários para a cremação

Falecimento por morte natural

  • Autorização de Cremação para morte natural
    • Conforme modelo em anexo.
    • Preenchida e assinada por um parente de 1º grau (autorizante) e mais duas testemunhas.
    • O autorizante deve ser o mesmo declarante do óbito.
  • Certidão de óbito constando:
    • Dois médicos atestando o óbito,
    • Local de Sepultamento: Crematório Memorial Botucatu.
  • Caso ainda não possua a certidão de óbito a funerária devera enviar:
    • Copia da declaração de óbito assinado pelos dois médicos e carimbados;
    • Declaração de óbito feita pela funerária original (via cemitério).
  • Copias simples do RG, CPF e certidão de casamento e/ou nascimento do falecido.
  • Copias simples do: RG e CPF do declarante do óbito e autorizante.

Falecimento por morte violenta

Os mesmos documentos por meio de morte natural acrescido e alterados conforme abaixo:

  • Autorização para Cremação para morte violenta.
    • Conforme modelo em anexo
    • Preenchida e assinada por um parente de 1º grau (autorizante) e mais duas testemunhas.
    • O autorizante deve ser o mesmo declarante do óbito.
  • Atestado de óbito
    • Assinado por um médico legista.
  • Autorização/Alvará judicial
    •  o juiz deve assinar uma autorização informando que não se opõe á cremação
  • Cópia simples do boletim de ocorrência

Cremação de ossos por morte natural

  • Autorização para cremação
    • Conforme modelo em anexo.
    • Preenchida e assinada por um parente de 1º grau (autorizante) e mais duas testemunhas.
    • O autorizante deve ser o mesmo declarante do óbito.
  • Guia de arrecadação de exumação ou declaração do cemitério
    • Informando os dados do exumado (nome, data de falecimento, nome do cemitério, numero da quadra onde estava sepultado, numero do sepultamento ou do tumulo);
  • Cópia autenticada do atestado de óbito;
  • Copia Simples da Certidão de nascimento e/ou casamento do falecido;
  • Copias simples do: RG e CPF do autorizante.

Cremação de membros amputados

  • Declaração de dois médicos
    • Em receituário próprio.
    • Deve constar o membro amputado e sua causa (Declaração medica amputação);
  • Autorização para Cremação (órgãos amputados).
    • Conforme modelo em anexo.
  • Declaração do médico;
  • Cópias simples do RG e CPF da pessoa amputada.
  • Cópias simples do RG e CPF do do (a) autorizante.

Cremação de estrangeiros não residentes no país

Os mesmos documentos por meio de morte natural acrescido e alterados conforme abaixo:

  • Autorização dada por autoridade judicial competente
    • Mediante solicitação formulada pelo consulado do país expedidor do passaporte do falecido, do qual conste o nome e o cargo de quem a formulou;
  • Autorização do consulado
    • Declarando que nada se opõe.
  • Autorização para cremação.
  • Autorização judicial de cremação requerida pelo consulado;
  • Copia simples do documento de identidade e passaporte do falecido (a).

Informações gerais

  • Parentes de 1º grau: são considerados parentes de primeiro grau, conforme indicada a lei, para os fins de autorização de Cremação:
    • o cônjuge (na falta do marido a esposa e na falta de esposa o marido);
    • os descendentes (filhos);
    • os ascendentes (pais e na falta destes os avós);
    • os irmãos
    • demais parentes, na ordem citada, somente poderão autorizar a cremação se o anterior for falecido.
    • A pessoa deve ser maior de 18 anos e estar munida de documentação que comprove o parentesco.
  • Toda a documentação exigida deve ser enviada junto com a entrega do corpo ou dos ossos ao Crematório.
  • O corpo ficará alocado em câmara fria até completar as 48 horas; em caso de necessidade especial de tempo maior de espera, o crematório deve ser consultado.
  • Caso a documentação exigida não seja entregue ou esteja incompleta, a cremação não será realizada.
  • O prazo para a entrega das cinzas é de 10 dias, podendo ocorrer.
  • Não é permitido que a família acompanhe o processo de cremação. Se necessário realizamos um cerimonial de despedida.
  • O Crematório Memorial Botucatu se reserva ao direito de não realizar a cremação caso haja dúvidas quanto a documentação e/ou exigir documentos complementares.